domingo, 3 de janeiro de 2021

Resoluções para um ano de incertezas: o que esperar de 2021?

Psicóloga dá dicas de como traçar metas para o ano novo, mesmo diante de incertezas


Todo fim de ano é a mesma coisa. Avaliar o que foi feito no ano que passou e fazer planos para o ano que chegou é prática comum em toda parte do mundo. Mas como fazer planos para um ano de incertezas? De acordo com a professora do curso de Psicologia da Universidade Positivo, Janete Knapik, muita gente pode estar desmotivada por ter planejado muita coisa para 2020 e não ter conseguido colocar em prática. “Porém, só o fato de pensar sobre o que queremos ou o que está faltando já é um ganho, nos traz esperanças de um ano melhor”, acredita.

Segundo a psicóloga, para não se frustrar novamente, é preciso colocar as resoluções em prática, fazer acontecer. Separar o realizável do desejável. “Como 2021 ainda estará sob o impacto da pandemia, é importante pensar em metas realistas e também definir metas voltadas ao autocuidado e à saúde mental, que foi muito afetada neste ano de 2020”, indica. A professora listou sete pontos para levar em consideração na hora de fazer as resoluções de ano novo.

  1. Priorize o que é mais importante: definir uma quantidade grande de metas pulveriza muito os esforços e dificulta um planejamento. Estabelecer um número menor, mas com metas mais significativas, as mais importantes, ajuda na hora de colocar em prática e de ver os resultados acontecerem. “2021 é ainda um ano que temos que nos moldar com as exigências sanitárias da pandemia e com a limitações impostas pelas restrições econômicas, considere isso na hora de estabelecer as metas”, lembra Janete.
  2. Estabeleça uma forma de acompanhar e mensurar as metas: o fato de ver o progresso e que o planejamento está tendo bons resultados tem efeito psicológico reforçador, ou seja, é um estímulo para não perder o entusiasmo. Por exemplo, ver um gráfico com uma curva descendente em uma meta de emagrecimento mobiliza a querer ver a curva descer cada vez mais. Existem aplicativos que fazem esse monitoramento.
  3. Defina metas factíveis:  2021 é ainda um ano de incertezas. Por isso, é importante priorizar metas mais práticas, com prazos menores. “Escolha o que faz mais sentido, que tem mais impacto e relevância com teus propósitos. O que é difícil, às vezes dá vontade de “chutar o balde” e de desistir”, aconselha.
  4. Deixe um espaço para metas de autocuidado: várias pesquisas identificaram aumento da ansiedade, do estresse e da depressão em 2020; outras mostraram que quem passou muito mais tempo em casa acabou exagerando na comida e na bebida. Sendo assim, metas que envolvam atividades físicas, uma alimentação equilibrada, uma disciplina que contemple o descanso, o lazer e boas risadas são sempre muito bem-vindas.
  5. Descreva as metas com detalhamentos: o detalhamento ajuda a colocar em prática. Estabeleça qual o objetivo e quais as etapas necessárias para se atingir. “Coloque no papel, acompanhe e faça as mudanças e adaptações que se fizeram necessárias. Na vida nada é estático, mudanças e adaptação são frutos de aprendizados”, pondera.
  6. Estabeleça prazos: não existe meta sem prazo. “Uma data nos coloca em movimento para atender esse prazo”, reforça Janete. Também é importante considerar a rotina na hora da definição dos prazos.
  7. Comemore as conquistas: rituais de comemoração nos trazem uma sensação de vitória. Por isso, é importante se presentear nas pequenas conquistas.

Fonte: Paranashop

sexta-feira, 18 de dezembro de 2020

Neste sábado, dia 19 de dezembro, tem concerto de natal com a Orquestra Municipal De Carlos Barbosa

A regência é do Maestro Dirceu Andrioli e o solista da noite é o cantor Joce Sampaio


Em formato online, adaptando-se à nova realidade imposta pela pandemia, a Orquestra de Carlos Barbosa apresenta o segundo concerto deste ano com transmissão ao vivo. O grupo se reunirá no CTG Trilha Serrana para a transmissão que poderá ser acompanhada no canal de Youtube da Orquestra e pelo Facebook da Prefeitura de Carlos Barbosa e da ProArte. A live tem início às 20 horas e integra a programação de Natal do município.

 

A Orquestra buscou para este concerto, canções que remetem à reflexão sobre as coisas realmente importantes da vida, como: aproveitar melhor o tempo, valorizar os pequenos momentos, viver em harmonia na sociedade respeitando e valorizando a vida do próximo, além é claro, das tradicionais e alegres músicas natalinas. PROVOCAR BOAS SENSAÇÕES, BONS PENSAMENTOS, ALEGRAR E EMOCIONAR AS PESSOAS, ESTE É O OBJETIVO DESTE CONCERTO.

 

O solista da noite, Joce Sampaio é compositor, instrumentista, cantor e educador musical. Traz em seu currículo diversos prêmios em festivais de música, a criação e participação em bandas com shows em diversos locais no Brasil e no exterior. Desde o ano 2000 segue com carreira solo participando, elaborando e realizando diversos projetos musicais de expressividade na cena cultural local, regional e nacional.

 

Com uma produção atenta às normas de distanciamento e recomendações dos órgãos de saúde quanto a higienização e prevenção do contágio do Novo Corona vírus, o formato do concerto contempla uma orquestra menor do que a que seria no evento presencial, com 19 músicos e um solista, em local amplo, que permite um mapa de distanciamento recomendado entre cada integrante da orquestra.

 

É importante que a comunidade apoie a classe artística que ainda sofre com os efeitos econômicos derivados da pandemia, sem ainda poder voltar às atividades normais. A audiência e o compartilhamento desse evento ajudará a amenizar estas questões, ao menos, contribuindo para a continuidade dos trabalhos mesmo que virtualmente. É importante que alcancemos o maior número possível de pessoas que se interessem pela arte e que possam ter um momento de lazer e de alegria provocada pela música. Além de compartilhar inscreva-se no canal de YouTube da Orquestra (Orquestra Carlos Barbosa).

 

Esperamos estar conectados a você e poder lhe desejar um FELIZ NATAL com o que melhor fazemos, música.

 

Esse concerto é realizado pela Orquestra Municipal de Carlos Barbosa com o apoio da Prefeitura Municipal de Carlos Barbosa e do Centro Cultural Educativo – CEC.

 

Serviço

O quê: Concerto de Natal da Orquestra Municipal de Carlos Barbosa

Quando: 19 de dezembro de 2020 - sábado

Como: Transmissão ao vivo pelo canal de YouTube Orquestra Carlos Barbosa http://bit.ly/3qZzhFu e pelo Facebook da Prefeitura Municipal de Carlos Barbosa http://bit.ly/37omEvK e da Proarte http://bit.ly/385DEGo

Informações gerais: (54) 9 54 9988-8406

Apoio Cultural: CEC e Prefeitura de Carlos Barbosa

Realização: Orquestra Municipal de Carlos Barbosa

 

A Orquestra

A Orquestra Municipal de Carlos Barbosa - OMCB foi criada em 2002, e desde então dedica seus esforços para manter e ampliar seu espaço no cenário cultural local e regional. Tem o apoio da Prefeitura Municipal de Carlos Barbosa, cujo recursos destinados permitem a realização de uma programação regular durante o ano, com uma verba fracionada para manutenção e realização das apresentações dos concertos oficiais da orquestra, dos grupos de música de câmara, da Orquestra Jovem e da Escola de música, todos necessários para que os objetivos da Orquestra como um todo funcionem, principalmente ao que tange as questões de fomento, formação artística e de plateia. Embora os recursos destinados sejam modestos, a OMCB é sem dúvida o mais consistente mecanismo de atuação musical instrumental para a comunidade Barbosense. Durante a pandemia e o consequente distanciamento social, tem mantido, na medida do possível a realização de atividades de forma remota (on-line), com alguns encontros presenciais em sua sede, com número reduzido de pessoas, flexibilização de horários e sob a recomendação dos protocolos da área da saúde.

 

Dirceu Andrioli – diretor artístico, regente e arranjador do concerto:

Começou a estudar música aos nove anos de idade e aos 16 anos já tocava profissionalmente em bandas populares. Frequentou aulas particulares de trompete, piano e regência, participou de oficinas como: Festival de Inverno UNISINOS, módulo Regência Orquestral; Arranjo Musical e orquestração com o maestro e compositor Gilberto Salvagni; Masterclass com Evandro Matté (atual maestro da OSPA); Oficina de música de Curitiba, módulos: Trompete e Percepção, Percepção para Improvisação e Arranjo de sopros; Masterclass de Trompete com Fernando Dissenha (trompetista da OSESP); Curso de Violoncelo na escola de música da Orquestra Caminhos de Pedra de Bento Gonçalves; Masterclass de Composição de Trilhas Sonoras com Maestro e compositor italiano, Giovani Luisi; Oficina de Instrumentos de Sopro na Semana da Música de Bento Gonçalves (2010). Atualmente realiza diversas atividades, entre elas: maestro da Orquestra de Sopros de Veranópolis; maestro das Bandas marciais das escolas: Regina Coeli e São Luiz Gonzaga ambas da cidade de Veranópolis; maestro da Orquestra de Sopros de Faria Lemos (Bento Gonçalves) e maestro da Orquestra Municipal de Carlos Barbosa.

 

Solista


Jocelito Cappellari Sampaio, ou Joce Sampaio, é músico, natural de Canoas-RS, porém radicado há anos nas cidades de Garibaldi e Carlos Barbosa.

Começou sua carreira nos Festivais de música estudantis nos anos 80, participando de edições do Rafaelito da Canção de Flores da Cunha, com destaque nas edições de Festivais Estaduais.

Também participou de Festivais de Música em Garibaldi, sendo vencedor em duas edições.

Em meados de 1985 fundou com amigos a Banda Mutação, no segmento Pop/Rock, fazendo shows em várias cidades do Estado e muito presente no circuito e na cena cultural da época. A Banda permaneceu em atividade até o ano de 1991.

Depois desse período, trabalhou no circuito de Bailes, integrando as Bandas: Os Andarilhos, Contato Direto, Alma Nova e Miramar Show, se apresentando em cidades além do RS, nos estados de SC, PR e Uruguai, até o ano 2000. Nesse tempo também manteve o projeto acústico paralelo. Também participou da Banda Mágica Ilusão como convidado.

Após, se lançou em carreira solo, participando com frequência de feiras e festivais no estado (Festa da Uva, Fenavinho, Fenachamp, Festimalha, ExpoParai, ExpoPrata, Festiqueijo, Fenakiwi), shows para empresas (Tramontina, Santa Clara, Irwin, Lavralle, etc), além de eventos particulares, aberturas de Shows nacionais.

Joce Sampaio também é compositor cadastrado no ECAD e na União Brasileira de compositores, tenho recentemente lançado dois projetos:

Pra Carlos Barbosa – Eu quero te ver de novo, música colaborativa, lançada de forma independente e que teve 150 mil visualizações e o projeto Vou Voltar, que está na programação de rádios do RS, SC e PR.

Também atua na área de educador musical, tendo participado dos projetos "Meu pequeno Festival" edições RS e Serra gaúcha, que aconteceram no mês de maio de 2020 e foram apresentados em formato de LIVE para milhares de expectadores, com o foco para educadores e entretenimento familiar.

Joce também é compositor de Jingles, peças publicitárias e produtor do CD do Coro Infantil do Centro Educativo Crescer, Sonho Colorido.

Como compositor, tem no currículo a Música tema do Natal no Caminho das Estrelas, que foi tema oficial da Parada de Natal de Carlos Barbosa.

Neste ano participou de diversos programas de rádio na serra/RS (Serrana FM, Estação FM, radio Garibaldi, Jornal Pioneiro) divulgando sua música. Foi recentemente destaque numa das edições do programa Bom Domingo da Radio Gaúcha/RBS TV.

Contatos: email  joce01cb@yahoo.com.br | Fone/whats 54  9 91028825 | YouTube: Joce Cappellari Sampaio | Facebook:  Joce Cappellari Sampaio


Programa


19.12.2020 – sábado – 20 horas

Canal de YouTube – Orquestra Carlos Barbosa

Direção artística e regência: Dirceu Andrioli

Solista: Joce Sampaio – voz

Jingle Bells Forever - Arr. Robert W. Smith

Circle Of Life – Elton John

Jingle Bells Rock - Bobby Helms

Canção do Amigo – Rui Biriva

Tocando em Frente – Almir Sater

Amigo estou aqui – Randy Newman

Romaria – Renato Teixeira

A Paz - Michael Jackson /Roupa Nova

Boas Festas – Assis Valente

À espera da normalidade


Foto: Jill Wellington/Pixabay

2020 não foi fácil. Não foi um ano típico. Sempre convivemos com altos e baixos, bons e maus momentos. Mas a montanha-russa 2020 não tem paralelos. No mundo contemporâneo, fora as duas grandes guerras, jamais a humanidade havia se encontrado em uma situação tão impressionante e assustadora. E numa escala nunca antes vista. Até pela redução das distâncias propiciada pela vida digital que nos engole. Somos todos vizinhos de porta. Com todos os prazeres e agonias inerentes a esta perspectiva. Temos conexão e proximidade. Quiçá isso redundasse em empatia. Mas esta é uma outra reflexão.

Quando a virada para 2021 aproxima-se, é de se esperar que nos peguemos contemplativos. Absortos nos rumos que se apresentarão doravante. Isso é lícito. É compreensível. Mas nunca para nos sentirmos abatidos. Esse tempo precisa ficar para trás. Sem utopias, sem ilusões, mas com a força de espírito necessária para fazer da transição, de 2020 para 2021, uma mudança real. Além das simbologias. Além dos festejos. A tão aguardada RETOMADA.

Não é simples, não é fácil, como nada é nesta nossa existência. Mas é PRECISO. Mentalize isso na sua introspecção. Celebre esta possibilidade. Esta oportunidade. Estamos juntos neste minúsculo mundo digital. Não à espera de um milagre. À espera da normalidade!

Por: José Francisco Alves - Publicitário & Designer

Em 2021, prometa menos e surpreenda mais!

Que a paz, a saúde e o amor estejam presentes em todos os dias deste ano que vem aí. Com alegria e sabedoria. Que tudo seja leve e nada tire o sorriso do seu rosto. Não olhe muito para trás, nem olhe muito para frente. Viva o presente! A melhor maneira de prever o futuro é criá-lo. E a única certeza que temos: 2021 será o melhor ano de nossas vidas!