Medicina Oriental - Como alcançar a longevidade saudável e feliz através da medicina oriental?

 

Por Dr. Antonio Debortoli*

A pandemia provocada pela Covid-19 nos trouxe, além de profundos desafios, ensinamentos de vida - como a importância de cuidar da saúde.

Nada. Absolutamente nada faz sentido sem esse tesouro que chamamos: saúde. Andar, falar, trabalhar, amar, prosperar, viajar, enfim... tudo demanda saúde...

Sem ela nada faz sentido. Verdade?

Tenho para mim, ao longo de 33 anos de clínica em Medicina Tradicional Chinesa, que saúde é muito mais do que a ausência de doenças – constatadas ou não. É estar disposto à vida, aos desafios e aos sonhos. Ao futuro pleno.

É uma construção que nos permite chegar à longevidade saudável, digna, sem dores ou comprometimentos físicos. É viver com toda a plenitude a que temos direito.

Quando confiro os resultados alcançados em nossa clínica de Medicina Oriental, fico cada vez mais apaixonado por essa Medicina que vem do outro do mundo e vem ganhando cada vez mais adeptos no Brasil.

Nesse contexto, encontra-se a Medicina Tradicional Chinesa (MTC) cujas práticas milenares oferecem: alívio do estresse, auxílio no tratamento da depressão, eliminação de dores, a volta ao equilíbrio de pessoas portadoras de doenças crônicas, recuperação do aparelho digestivo, entre tantos outros desequilíbrios.

A MTC acolhe e trata essas pessoas com altos índices de assertividade, cujo fundamento é “enxergar” o organismo em sua totalidade, e como parte integrante do ambiente e dos ciclos da natureza, buscando, sempre, a regulação do corpo todo. Um processo verdadeiramente belo.

A MTC trata a pessoa e não a doença.

Em um primeiro momento pode parecer um processo complicado, mas depois de entender que a MTC trata a pessoa e não o desequilíbrio (doença) tudo fica fácil de ser compreendido.

Veja: um dos princípios básicos é a concepção de que nós possuímos uma energia vital denominada qi ou chi, que circula por todo o corpo por meio de canais denominados meridianos. Quando a circulação dessa energia é interrompida pela obstrução desses canais, ocorre a enfermidade.

Ainda segundo a MTC, as principais causas desse bloqueio são hábitos comuns ao homem moderno: estresse, sedentarismo, má alimentação, sentimentos negativos (angústia, medo, tristeza) e variações do clima.

Muito me agradada um conceito dessa Medicina milenar - que data de mais de cinco mil anos e baseada no Taoísmo - que crê na harmonia e no equilíbrio do homem com a natureza como caminho para obter a felicidade e longevidade.

É com esse sentimento que desejo a você saúde e felicidade.

没事的
Méishì de

*Doutor em Medicina Naturopática (EUA) - Medicina Tradicional Chinesa (MTC) - (51) 98928.1273 - Rua 24 de Outubro, 1312 – conjunto 301 - POA - Brasil

Voltar para a edição #173